País da negligência: Programa Bem Viver repercute pesquisa sobre direitos humanos no Brasil

postado em: Direitos Humanos | 0

Relatório da Anistia Internacional aponta que pelo menos 120 mortes por covid poderiam ter sido evitadas só em 2020.

Nos últimos anos o governo federal transformou o Brasil no país da negligência. A denúncia foi feita pela Anistia Internacional, que publicou ontem (29) um relatório sobre os direitos humanos no Brasil hoje. Aumento da fome, violência policial, descaso com a pandemia e conflitos no campo são alguns dos temas analisados nas 130 páginas do relatório.

O documento aponta que pelo menos 120 mil mortes por covid poderiam ter sido evitadas no Brasil apenas em 2020, se medidas mais efetivas de controle do coronavírus tivessem sido adotadas por autoridades federais.

Para repercutir o tema, a edição de hoje (30) do Programa Bem Viver entrevista a diretora executiva da Anistia Internacional, Jurema Werneck, que é a ativista e pensadora dos direitos humanos no Brasil. A organização é uma referência internacional no tema.

No comando da Petrobras

Depois de muitas ameaças, o presidente Jair Bolsonaro concretizou a mudança no comando da Petrobras. Sai Joaquim Luna e Silva e, no lugar, entra o economista Adriano Pires.

A chegada do novo presidente da estatal foi encarada por analistas políticos como uma ação eleitoreira de Bolsonaro, que culpou o chefe da Petrobras pela escalada dos preços da gasolina e diesel.

Nas últimas semanas, pesquisas mostraram que a população estava responsabilizando o governo federal pelo aumento do preço dos combustíveis e a mudança na gestão da Petrobras é uma tentativa de alterar o cenário e acalmar ânimos. Mas será que a troca vai ser suficiente para conter o aumento? Acompanhe no Bem Viver.

Elifas Andreato

O icônico cartunista Elifas Andreato faleceu ontem, aos 76 anos, em São Paulo. Ele estava internado há semana devido a um infarto.

Criador de mais de 300 capas de discos, o artista foi homenageado na edição de hoje do Bem Viver, que lembrou seu legado e sua trajetória nas artes.

Sintonize

O programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 11h às 12h, com reprise aos domingos, às 10h, na Rádio Brasil Atual. A sintonia é 98,9 FM na Grande São Paulo.

Em diferentes horários, de segunda a sexta-feira, o programa é transmitido na Rádio Super de Sorocaba (SP); Rádio Palermo (SP); Rádio Cantareira (SP); Rádio Interativa, de Senador Alexandre Costa (MA); Rádio Comunitária Malhada do Jatobá, de São João do Piauí (PI); Rádio Terra Livre (MST), de Abelardo Luz (SC); Rádio Timbira, de São Luís (MA); Rádio Terra Livre de Hulha Negra (RN), Rádio Camponesa, em Itapeva (SP), Rádio Onda FM, de Novo Cruzeiro (MG), Rádio Pife, de Brasília (DF), Rádio Cidade, de João Pessoa (PB), Rádio Palermo (SP), Rádio Torres Cidade (RS) e Rádio Cantareira (SP).

A programação também fica disponível na Rádio Brasil de Fato, das 11h às 12h, de segunda a sexta-feira. O programa Bem Viver também está nas plataformas: Spotify, Google Podcasts, Itunes, Pocket Casts e Deezer.

Assim como os demais conteúdos, o Brasil de Fato disponibiliza o programa Bem Viver de forma gratuita para rádios comunitárias, rádios-poste e outras emissoras que manifestarem interesse em veicular o conteúdo. Para fazer parte da nossa lista de distribuição, entre em contato pelo e-mail: radio@brasildefato.com.br.

Edição: Sarah Fernandes/Brasil de Fato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.