Bolsonaro autoriza indústrias veterinárias a fabricarem vacinas anti-COVID-19

Na última quinta-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro aprovou uma lei autorizando os estabelecimentos que fabricam vacinas de uso veterinário a produzirem imunizantes contra o coronavírus. Estes também vão ajudar na produção de insumos farmacêuticos ativos (IFA), informa o portal UOL. “Com a alta capacidade produtiva e conhecimento tecnológico, a indústria de saúde animal pode ser adaptada para produzir em larga escala o IFA da vacina contra a COVID-19 de vírus inativado”, diz o trecho do relatório do Senado.

Conforme o documento, estas estruturas especializadas em vacinas veterinárias devem cumprir todas as normas sanitárias e as exigências de biossegurança antes de obterem o direito de produzir vacinas para seres humanos. Além disso, a lei determina que a Anvisa deverá priorizar a análise dos pedidos dos estabelecimentos de saúde animal para participarem da produção de vacinas contra a COVID-19.

Entretanto, o Brasil confirmou mais 1.552 mortes e 52.720 casos de COVID-19, totalizando 539.050 óbitos e 19.261.741 diagnósticos da doença, informou o consórcio entre secretarias estaduais de saúde e veículos de imprensa.

Fonte: Sputnik News

Imagem: Sputink News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.