David Bowie era ‘mais do que um Elvis’ e será lembrado como Beethoven, diz produtor

Para o produtor Tony Visconti, David Bowie era “mais do que um Elvis” e será lembrado como Beethoven. Responsável por produzir 11 discos do camaleão do rock, Visconti relembrou o legado do músico em entrevista à BBC. (Via The Guardian) O produtor participou do programa Bowie: Dancing Out in Space, que será transmitido pela BBC Radio 4 e 6Music dois dias depois do aniversário de Bowie no dia 10 de janeiro, data que marca cinco anos da morte do músico. A reportagem é do portal Rolling Stone. 

Segundo a reportagem, Visconti compartilhou detalhes sobre a produção do último disco de Bowie, Bllack Satr (2016), e falou sobre como o artista não transmitia nenhum sinal de fraqueza e não falava sobre o estado de saúde.

“Era importante para ele. Ele sabia quais eram os problemas de saúde dele. Para ele, era importante terminar esse disco. Mas nós nunca falamos sobre isso. Com exceção de uma conversa privada que tive com ele antes do disco, a saúde dele não era mencionada. Ele nem parecia ou agia honestamente como um doente, ele estava em uma ótima forma. Você podia ouvir no canto dele que a voz dele estava, provavelmente, mais forte do que nunca”.

Fonte: Brasil 247  

Imagem: Brasil 247

Deixe uma resposta