Xavabanda quer fazer um Carnaval de cinema em 2020

postado em: Sem categoria | 0

Documentário e desfile com crítica social na mira da entidade

O espírito irrequieto da Xavabanda não cansa de buscarnovidades. Ano após ano, elasempre procura desafios que possam enriquecer o seu Carnaval e a sua história. Fazendo jus a esta tradição, a entidade carnavalesca anunciou, na tarde de 10/10, um projeto audacioso: o lançamento de uma campanha de financiamento coletivo online para arrecadar fundos para um filme sobre a sua trajetória e a realização do Carnaval 2020.

Os recursos estão sendo captados no endereço www.kickante.com.br/campanhas/xavabanda-filme. As doações dão direito a contrapartidas, as recompensas. Para pessoas físicas, estão abertas as contribuições nos valores de R$ 10,00 (nome nos créditos do filme e no site da Xavabanda e agradecimento na timeline das redes sociais); R$ 30,00 (nome nos créditos do filme e no site da Xavabanda e agradecimento na timeline das redes sociais mais kit exclusivo, com adesivo e copo da Xavabanda – Carnaval 2020); e R$ 60,00 (nome nos créditos do filme e no site da Xavabanda e agradecimento na timeline das redes sociais mais kit exclusivo, com adesivo e copo da Xavabanda – Carnaval 2020; 1 dvd do filme mais o abadá do Carnaval 2020 – este valor está limitado a mil doações). Para pessoas jurídicas, estão abertas as possibilidades de patrocínio master (R$ 10.000,00 – uma cota); patrocínio (R$ 5.000,00 – duas cotas) e 10 cotas de apoio de R$ 1.000,00, todas com direito a contrapartidas conforme a quantia doada. 

O filme – A Xavabanda possui uma trajetória repleta de passagens cinematográficas. Fundada em 2007 a partir da paixão de um grupo de amigos pelo Carnaval e pelo Grêmio Esportivo Brasil, ela tornou-se presença marcante na folia pelotense, já tendo alcançado renome no Rio Grande do Sul e até mesmo desfilado nos dois últimos anos no Carnaval do Rio de Janeiro. Do encontro entre o presidente da entidade, Fagner Feijó, e o produtor audiovisual Rogério Peres, da Rubra Cinematográfica, surgiu a ideia de registrar a história. O objetivo da produção é narrar esta biografia, entrecortada pelos preparativos e a execução do Carnaval 2020. Fagner explica que a ideia inicial era preparar um vídeo institucional mas, diante da riqueza de fatos que compõem a trajetória da entidade, a produção do filme impôs-se naturalmente. “Eu, particularmente, estou eufórico!Acho que o filme vai surpreender muita gente com os relatos que virão à tona”, especula. Peres traz para o projeto a experiência dos documentários Brasil Grande do Sul e de outros 24 minidocumentários que contaram a trajetória do Grêmio Esportivo Brasil nos anos de 2013, 2014 e 2015. Segundo ele, o objetivo é realizar um documentário com estética cinematográfica, registrado pela Ancine com o Certificado de Produto Brasileiro, o que abre a possibilidade para exibição em canais de tevê especializados, além da participação em festivais de cinema.

Enredo 2020 –Para o Carnaval de 2020, a Xavabanda trará uma proposta provocativa ao público. Com o título em forma de interrogação, “É justo?”, a entidade quer levar para seu desfile as diversas injustiças com as quais a população convive no cotidiano. Da distribuição de renda aos julgamentos feitos todos os dias pela sociedade e seus indivíduos, o desfile fará perguntas aos foliões, questionando verdades e realidades.”Não se trata de questionar a justiça, mas sim de avaliarmos e nos posicionarmos diante de várias coisas que nos deparamos diariamente. Faremos um desafio e queremos que todos tenham sua decisão: afinal, é justo?”,indaga o presidente Fagner.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Xavabanda – https://www.xavabanda.com/

Deixe uma resposta