UFPel toma medidas para retardar a suspensão de serviços

postado em: Sem categoria | 0

A Reitoria da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) vai implementar uma série de medidas paliativas para o enfrentamento do déficit orçamentário em 2019, com o objetivo de retardar ao máximo a suspensão dos serviços essenciais ao funcionamento das atividades acadêmicas e administrativas da UFPel. A decisão da Gestão da Universidade se assenta na expectativa de que os cortes orçamentários aplicados pelo Governo Federal sejam revertidos nas próximas semanas. Sem a liberação dos recursos, a Universidade poderá suspender as suas atividades.

Entre as medidas tomadas estão o racionamento de despesas com infraestrutura, o que implica a suspensão de serviços de manutenção e reformas que dependam da aquisição de material; a redução no consumo de energia elétrica, com a suspensão do uso de condicionadores de ar e estufas; racionamento do uso da frota de veículos; suspensão da substituição de bolsistas (bolsas institucionais) a partir de outubro e racionamento de despesas administrativas.

Tais medidas, além de ter por objetivo uma economia nas despesas da instituição, também objetivam à conscientização da comunidade acadêmica sobre a gravidade da situação existente, bem como a necessidade de todos os setores da instituição de participarem dos esforços.

Fonte: UFPel

Deixe uma resposta