Mamamóvel volta a funcionar e deve atender cerca de 600 pacientes em outubro

postado em: Sem categoria | 0

O Outubro Rosa começa com uma excelente notícia para as mais de 600 mulheres que estão na lista de espera por uma mamografia pelo Sistema Único de Saúde (SUS), regulado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que atende Pelotas e região. O Mamamóvel do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE UFPel) entra em funcionamento e a expectativa é atender cerca de 20 a 30 pacientes por dia, numa meta de 600 exames durante este mês. O equipamento foi reativado e começa a operar nesta quinta-feira (03). Os agendamentos estão sendo feitos pelo Núcleo Interno de Regulação do HE.

O veículo estacionou em frente ao HE na última segunda-feira (30) e já causou grande expectativa na comunidade. Para a presidente do Instituto Buquê de Amor, Janice Santos, o Mamamóvel é uma grande vitória para as pacientes que esperam pelo exame que diagnostica o câncer de mama. “O Rio Grande do Sul é o estado que tem maior incidência desse tipo de câncer, não podemos deixar essas mulheres aguardando por um diagnóstico que poderá mudar as suas vidas”, destacou.

De acordo com a chefe da Divisão de Apoio Diagnóstico e Terapêutico, Jaqueline Bicca, a realização dos exames de mamografia pelo HE, neste mês em especial, vem contribuir para o  diagnóstico precoce no combate ao câncer de mama. “Diagnosticar precocemente esta doença aumenta significativamente as chances de cura”, disse, reforçando que o Hospital Escola apoia e compartilha dos objetivos desta campanha.

“O câncer de mama é a principal causa de morte por câncer no sexo feminino e a maior incidência é encontrada nos estados da região sul, por isso seu diagnóstico precoce salva vidas”, comenta a chefe do Setor de Apoio Terapêutico, Rosilaine Jurgina.

Quimioterapia e Radioterapia

A Unidade de Hematologia e Oncologia do HE também terá um incremento em atendimentos neste mês de outubro. A Prefeitura Municipal de Pelotas contratualizou novas vagas para quimioterapia e radioterapia. Na quimioterapia, o HE passará a atender 66 pacientes/mês, dos quais 30 vagas serão exclusivas – em outubro – para mulheres com câncer de mama. Na radioterapia serão 43 pacientes/mês.

Mutirão de Consultas Oncológicas

Ainda em alusão ao Outubro Rosa, o Hospital Escola irá realizar um mutirão de consultas oncológicas na manhã do dia 19 de outubro, com expectativa de atender cerca de 35 mulheres. Todas as pacientes que serão atendidas já estão com diagnóstico de câncer de mama, estão reguladas pela SMS, terão a primeira consulta com os médicos especialistas e passarão pelo atendimento da equipe multiprofissional, que dá todo o suporte durante o tratamento.

Fonte: UFPel

Deixe uma resposta