Estreia de Marighella é cancelada após Ancine dificultar processo

postado em: Sem categoria | 0

Em nota divulgada na tarde desta quinta-feira (12), os produtores do filme Marighella, dirigido por Wagner Moura e estrelado por Seu Jorge, anunciaram que a estreia da produção, prevista para o dia 20 de novembro, teve que ser cancelada. Segundo eles não foi possível “cumprir a tempo todos os trâmites exigidos pela Ancine”, mas a equipe segue trabalhando.

Em maio, o jornalista Mário Magalhães, autor da biografia do guerrilheiro Carlos Marighella, que inspirou o filme, criticou a distribuidora Paris Filmes pela demora no lançamento, dizendo que poderia estar acontecendo censura por conta do “obscurantismo” do país. Durante as gravações, o set do filme foi ameaçado por direitistas e recebeu a proteção de um coletivo antifascista.

“Nós, produtores do longa-metragem Marighella, dirigido por Wagner Moura, anunciamos que a data de lançamento do filme nos cinemas brasileiros, divulgada anteriormente para 20 de novembro de 2019, está cancelada. Os produtores haviam escolhido o mês de novembro, que marca os 50 anos de morte de Carlos Marighella, e o dia 20, da Consciência Negra, para a estreia. No entanto, a O2 Filmes não conseguiu cumprir a tempo todos os trâmites exigidos pela Ancine (Agência Nacional do Cinema). Marighella segue sendo apresentado com muitos sucesso em vários festivais de cinema no mundo. Nosso objetivo principal sempre foi a estreia no Brasil. Os produtores e a distribuidora Paris Filmes vão seguir trabalhando para que isso aconteça”, diz a nota.

Fonte: Sul 21

Deixe uma resposta