Espetáculo denuncia a violência contra as mulheres

postado em: Sem categoria | 0

ACUADOS sobe ao palco da Sala Carmen Biasoli no dia 1º de setembro, às 17h. Com financiamento do Pró-Cultura RS – Fundo de Apoio à Cultura, do Governo do Estado, o projeto prevê ainda a realização de oficinas de dança e produção cultural. Toda a programação é gratuita.

No Rio Grande do Sul, Pelotas ocupa a quinta posição no ranking das cidades mais violentas para mulheres. Os dados divulgados pela Secretaria Estadual de Segurança Pública mostram que, nos primeiros quatro meses deste ano, o município registrou oito estupros e 230 casos de lesão corporal contra mulheres. Já ameaças, 336 foram registradas e Pelotas consta no sétimo lugar do ranking.

Com exceção do feminicídio, os dados sugerem uma tendência de redução na violência contra a mulher na cidade em 2018. Mas, conforme alerta o coordenador do Grupo Interdisciplinar de Estudos Criminais-Penitenciários da Universidade Católica de Pelotas (GITEP/UCPel), professor Luiz Antônio Bogo Chies, a gravidade da situação é constatada quando as taxas são analisadas na proporção de 100 mil mulheres. “Isso exige que se mantenha uma posição de urgente atenção”, avalia.

Foi com o intuito de denunciar e sensibilizar diferentes públicos para a questão da violência contra a mulher, especialmente no âmbito doméstico, que a diretora e coreógrafa Eva Schul criou o espetáculo ACUADOS. A apresentação gratuita ocorre no dia 1º de setembro (domingo), às 17h, Sala Carmen Biasoli.

“Queremos retratar o nível de submissão envolvido nas relações violentas, que leva a quebra da personalidade e da autoestima dos indivíduos. Personagens se confundem na busca de sensações de inferioridade, e os reflexos destas sensações nos movimentos de uma dança, que propõe que o público acompanhe e sensibilize-se ao vislumbrar, poética e esteticamente, o que não passa de dor e injustiça”, explica Eva.

No dia 31 de agosto (sábado), também serão realizadas oficinas gratuitas de improvisação e dança, de contempurbano e de elaboração de projetos. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail lukaibarra@gmail.com. O projeto foi contemplado pelo edital do Pró-cultura RS – Fundo de Apoio à Cultura (FAC) #juntospelacultura_2, da Secretaria de Estado da Cultura- FAC.

Os números da violência
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), quase metade das vítimas são assassinadas pelo marido ou namorado. Pelo menos uma em cada três mulheres apanham, são violentadas ou forçadas a manter relações sexuais em algum momento de sua vida. No Brasil, uma mulher é espancada a cada 15 segundos.

O número de feminicídios em maio de 2019 é o maior registrado no ano no Rio Grande do Sul, de acordo com dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública. Treze mulheres foram assassinadas no estado em contextos discriminatórios, mais do que o dobro em relação ao mês anterior.

O indicador também assusta se comparado aos anos anteriores: foi o maio com mais feminicídios desde 2012, quando a Polícia Civil gaúcha passou a contabilizar os homicídios de mulheres separadamente. A quantidade desse tipo de crime aumentou 30% na comparação com maio de 2018 e 333% em relação a maio de 2017. “A grande maioria da violência contra a mulher é dentro de um contexto de violência doméstica”, observa a diretora do Departamento Estadual de Proteção a Grupos Vulneráveis (DPGV), Shana Luft Hartz.

As medidas e registros de ocorrências representam as mulheres que tiveram coragem de denunciar. Para mudar essa triste realidade é preciso uma mudança na cultura, e a Ânima Companhia de Dança se soma com ACUADOS, um trabalho que busca contribuir para ações de prevenção, ao disseminar maneiras de combate e enfrentamento.

ACUADOS

FICHA TÉCNICA
Direção geral e coreográfica: 
Eva Schul | Ensaiadora: Viviane Lencina | Intérpretes Criadores: Driko Oliveira, Bianca Dias Weber, Emily Chagas, Everton Nunes, Fernanda Santos, Jackson Conceição | Produção: Luka Ibarra – Lucida Desenvolvimento Cultural | Iluminação: Guto Greca | Trilha Sonora Pesquisada: Leonardo Dias |Figurinos: Luciane Soares | Cenografia: Rodrigo Shalako | Fotografia:  Raquel Basso

SERVIÇO
Ânima Companhia de Dança apresenta ACUADOS
Quando: 
1º de setembro | Domingo | 17h
Onde: Sala Carmen Biasoli (Rua Almirante Tamandaré, 301)
ENTRADA GRATUITA


Oficinas gratuitas
Inscrições: 
lukaibarra@gmail.com
Quando: 31 de agosto | Sábado
Curso de Elaboração de Projetos
Ministrante: 
Luka Ibarra
Horário: 10h
Local: SeCult  (Praça Cel. Pedro Osório, 2 – Centro)

Oficina “Contempurbano”

Ministrante: Driko Oliveira
Horário: 14h
Local: Ginásio AABB (Rua Cel. Alberto Rosa, 580 – Centro)

Oficina “Improvisação e Dança”
Ministrante: 
Eva Schul
Horário: 16h
Local: Ginásio AABB (Rua Cel. Alberto Rosa, 580 – Centro)

Oficina “Contempurbano”
Ministrante: 
Driko Oliveira
Horário: 16h30
Local: Praça CEU Dunas (Avenida Ulysses Guimarães – Dunas)

Fonte: Diário da Manhã

Deixe uma resposta