Emissora manda cortar transmissão de festival de cinema caso algum artista fale mal de Bolsonaro

A transmissão pelo Canal Brasil da cerimônia de premiação do Festival de Cinema de Gramado teve censura. Antes do evento teve uma reunião de membros da emissora, que receberam ordem de cortar a transmissão caso algum artista falasse mal de Jair Bolsonaro. A informação é da coluna de Fábia Oliveira, publicada no jornal O Dia. 

Sem proposta concreta para a retomada do crescimento econômico, Bolsonaro vê a sua reprovação superior a aprovação. Um levantamento feito pelo Instituto FSB Pesquisa, encomendado por Veja, apontou que 48% dos brasileiros desaprovam o governo, contra 44% que apoiam. 

De acordo com os dados, 68% acreditam que as falas dele prejudicam em algum grau o andamento do governo e, para 49%, elas atrapalham muito (veja aqui). 

Fonte: Brasil 247

Deixe uma resposta