CPERS realiza caminhada e entrega pauta de reivindicação ao governo

postado em: Sem categoria | 0

Fonte : CPERS

A Direção Central do CPERS organizou, na manhã desta sexta-feira, dia 20, uma caminhada que reuniu centenas de educadores. Os professores saíram da frente da sede da entidade e se dirigiram ao Palácio Piratini com o objetivo de entregar um documento no qual constava uma pauta mínima de reivindicações da categoria. A decisão sobre a caminhada até a sede do governo estadual foi definida no início da Reunião Ampliada do Conselho Geral, que ocorre desde o início da manhã de hoje.
Abaixo de chuva, os educadores dirigiram-se até o Palácio e, ao longo do caminho, esclareciam à população os motivos pelos quais estavam realizando a mobilização.
Após aguardar por pouco mais de uma hora, uma comissão composta por representantes da Direção Central, da CNTE e de professores concursados que aguardam nomeação foi recebida pelo chefe da Casa Civil, Márcio Biolchi.

Durante a reunião, a presidente do Sindicato, Helenir Aguiar Schürer, entregou a pauta de reivindicações e reforçou a necessidade da nomeação urgente de professores. “Desde janeiro, estamos fazendo essa solicitação ao governo. Queremos garantir que o ano letivo inicie de forma tranqüila”, destacou, observando que cada nomeação leva aproximadamente 40 dias para ser efetivada. “Por isso, se não forem feitas urgentemente corremos o risco de começar o ano letivo com falta de professores”, afirmou.
A partir da próxima semana, a Direção Central do CPERS estará visitando as escolas de todo o Estado para fiscalizar se as equipes de professores e funcionários de escola estão suprindo as demandas das instituições escolares.
Biolchi afirmou que a questão das nomeações e do aproveitamento dos professores contratados está sendo estudada pelo governo. “Estamos detalhando as informações para vermos o que é possível fazer. Na próxima semana, estarei conversando com o secretário Vieira da Cunha e demais setores do governo para que possamos, o quanto antes, dar uma resposta ao CPERS”, disse.
Ao final do encontro, ficou pré-agendada uma reunião entre a Direção Central do CPERS e o governo do Estado para o dia 2 de março.

Confira a pauta entregue ao governo do Estado:
1) Pagamento do Piso Salarial Nacional do Magistério, no Plano de Carreira (reajuste de 13,01% mais 34,67% que ficou do governo anterior);
2) Nomeações dos professores e funcionários de escola;
3) Aproveitamento dos professores contratados, exonerados em dezembro de 2014, nas áreas em que não houver mais Banco de concursados;
4) IPE: preocupação com a suspensão dos pagamentos. Garantia de atendimento a categoria;
5) Entrega do anteprojeto negociado com o governo anterior sobre o vale-refeição, que altera a Lei nº 10.002/1993;
6) Pagamento de 1/3 das férias e demais direitos dos professores exonerados.

Caminhada-1024x682

Comentários estão fechados.