CPERS apresenta novo site a categoria

postado em: Sem categoria | 0

Fonte : CPERS

Com o intuito de estar mais próximo da categoria e proporcionar maior agilidade nas informações, a Direção Central do CPERS, através do seu Departamento de Comunicação, lançou, no final da tarde desta sexta-feira, dia 20, seu novo site. O lançamento ocorreu no Centro de Eventos do Plaza São Rafael, logo após a realização da Reunião Ampliada do Conselho Geral. O evento teve como palestrante a jornalista, Secretária Geral do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação e Secretária Geral do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, Renata Mielli.

“A partir de agora, a categoria poderá contar com mais essa ferramenta de luta. Nossa página está moderna, dinâmica, funciona em qualquer dispositivo, é integrada com todas nossas redes sociais e tem espaço para todos os núcleos. Nosso objetivo é estar cada vez mais próximos dos trabalhadores em educação e possibilitar mais agilidade nas informações sobre as nossas atividades e decisões”, destacou a vice-presidente do CPERS e responsável pelo Departamento de Comunicação, Solange Carvalho.
Após a apresentação sobre a dinâmica do site pela equipe da Veraz Comunicação, responsável pela criação da nova página, Renata falou sobre a Democratização da Mídia.
Enfrentar os oligopólios de comunicação, avançar na integração e aprofundar o debate acerca das mídias alternativas foram alguns dos pontos abordados pela jornalista.
Segundo Renata, a cada ano e fato político que envolve uma ação coordenada da mídia privada para atuar como partido político de oposição, os movimentos sociais vão percebendo o perigo que é pra democracia ter uma mídia monopolizada no Brasil. “As manifestações de junho foram uma demonstração clara do papel perigoso desses meios de comunicação. Quando eles, do dia pra noite, mudaram sua posição histórica diante das manifestações, numa clara tentativa de capturar as bandeiras políticas que saiam as ruas naquele momento”, explicou.
De acordo com ela, é preciso compreender que a comunicação não é um gasto, mas sim um investimento político. “A comunicação aproxima, mas também nos dá a oportunidade de ampliar os temas em discussão com a categoria. A comunicação tem um caráter estratégico na sociedade em que vivemos e para fazermos com que a democracia avance”, destacou.

IMG_02181-708x350

 

Comentários estão fechados.