Zélia Duncan: num País sério, desembargadora que sugeriu execução de Wyllys perderia o cargo

postado em: Cultura | 1

A cantoria Zélia Duncan criticou duramente a declaração da desembargadora Marília Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que sugeriu a execução do deputado federal reeleito Jean Wyllys (PSol-RJ). 

“Se fosse um país sério, se não fosse estado de exceção, ela perderia o cargo. Irresponsável, sem decoro profissional”, escreveu a artista no Twitter em resposta a um post do jornalista José Trajano, em que ele diz: “Uma doidivanas, uma espalha fakes news, uma idiota completa. E o Conselho Nacional de Justiça assiste a tudo caladinho”.

Segundo reportagem do Conjur, a desembargadora afirmou que a sua sugestão foi “brincadeira”. “O problema da esquerda é o mau humor”.

Fonte: Brasil 247

Uma resposta

  1. Mais uma sem noção…Brasil tá cheio deles

Deixe uma resposta