VISTORIAS EM PELOTAS : Simers constata problemas em postos de saúde

postado em: Saúde | 0

Foram encontrados uma série de problemas nos postos de saúde foi constatada pelo Simers semana passada, em vistoria realizada pela diretora Gisele Lobato.

As principais dificuldades encontradas pela entidade médica dizem respeito às más condições dos locais e à falta de medicamentos e condições de trabalho para os profissionais.

Na Unidade Básica De Atendimento Imediato (Ubai) Navegantes, o Simers constatou falta de profissionais para o atendimento. Das 8h às 13h, há um pediatra, mas não há clínico. No horário das 13h às 18h, trabalham dois clínicos, mas falta pediatra. No final da tarde, quando a procura é maior, só trabalham um pediatra e um clínico. Além disso, há falta de aparelho de raio X, material de sutura e medicação básica.

Na Unidade Básica de Saúde (UBS) Bom Jesus, médicos, pacientes, funcionários e familiares sofrem com a falta de segurança. Não há câmeras de vigilância e não existe controle de acesso ao posto. Além disso, o local está instalado em um bairro com histórico de violência. Na UBS Barro Duro, o Simers verificou que o acesso ao local é difícil e há demora nos resultados dos exames.

Por último, a diretora da entidade médica esteve na UBS Lindóia que, conforme acordo firmado em março deste ano, será transformada em Ubai. A unidade funcionará com o acolhimento de uma Ubai, respeitando a preferência de casos de urgência e emergência, mas mantendo serviços básicos de uma UBS. No local, o Simers verificou que, devido à transição, o prédio deveria estar fechado, mas há casos em que os atendimentos precisam ser interrompidos por causa das reformas. Além disso, a sala de vacinas não está funcionando.

Sobre as vistorias, a diretora Gisele Lobato afirmou que o quadro encontrado já havia sido alertado pelos médicos, que relataram ao Simers a falta de estrutura, de segurança e de medicamentos. “Infelizmente, a saúde de Pelotas está novamente comprometida. Além disso, outros problemas são verificados, como a superlotação do Pronto Socorro e a gravíssima situação dos exames citopatológicos”, afirmou. Gisele reforçou que o Simers vai voltar à cidade na semana que vem para acompanhar duas reuniões importantes que vão tratar da saúde.

Fonte: Diário da Manhã

Comentários estão fechados.