Santander da zona Norte de Pelotas segue sem proteção

postado em: Sem categoria | 0

Fonte : Sindicato dos Bancários de Pelotas

Quase um mês depois de ser assaltada e ter seus vidros estourados, agência do Santander Três Vendas, na zona norte de Pelotas, segue desprotegida com tapumes provisórios colocados no lugar dos vidros. “Não há desculpa para o banco ficar mais de um mês com improvisações como essa”, disse o diretor de Comunicação do Sindicato dos Bancários de Pelotas, Roger Peres. Ele lembra que com os lucros bilionários obtidos pelo banco no ano passado não há desculpa para não investir mais em segurança.

Em menos de três meses a mesma agência da zona norte de Pelotas foi assaltada duas vezes. No último assalto, ocorrido em 7 de janeiro, uma quadrilha de quatro homens armados e encapuzados invadiu a agência utilizando uma marreta para estourar a porta e entraram atirando. Um cliente foi atingido nas costas e na perna e um vigilante foi atingido de raspão no braço. Um funcionário levou uma coronhada na cabeça e uma estagiária foi agredida.

Projeto para vidros blindados

Há mais de um ano foi aprovado pela Câmara de Vereadores uma lei que prevê instalação de vidros blindados nas agências bancarias, mas poucas atendem a esta exigência legal, entre elas a que sofreu o assalto hoje. “Se a agência do Santander tivesse cumprindo a lei, as pessoas não teriam sido atingidas, pois o tiro foi disparado de fora da agência, disse o diretor do Sindicato. “O banco não compre a lei e coloca clientes e funcionários em risco, e a Prefeitura não fiscaliza”, concluiu Roger.

20154504100215_santander jan01

Comentários estão fechados.