Projeto Dandô traz a Pelotas o grupo Viola Quebrada

postado em: Sem categoria | 0

Fonte : Sindicato dos Bancários de Pelotas

O projeto Dandô, Circuito de Música Dércio Marques, que tem apoio do Sindicato dos Bancários de Pelotas e Região, terá nova sessão nesta quinta-feira, no auditório do CPERS (rua XV de Novembro, 660), com a apresentação do grupo Viola Quebrada, do Paraná, formado por Oswaldo Rios e Rogério Gulin. Os ingressos podem ser adquiridos no local.
O grupo Viola Quebrada foi formado em 1997 e entrou no mundo do disco em 2000, ao lançar o CD que leva o nome do grupo e que trazia as participações especiais de Pena Branca e Xavantinho, do violeiro Roberto Corrêa e do grupo Terra Sonora, de Curitiba, O nome do grupo vem de uma canção de Mário de Andrade, fundador do Modernismo brasileiro e pesquisador musical.
O Circuito é uma caravana musical que, uma vez por mês, enriquece a cena musical local com a presença artistas de várias regiões do país interagindo com artistas locais. O projeto “Dandô, circuito de música Décio Marques”, acontece simultaneamente em várias cidades brasileiras com objetivo de criar um intercâmbio e gerar novas plateias
O projeto leva o nome de Dércio Marques – falecido em junho de 2012 – um dos cantadores que mais fez pela arte nos “Brasis” que estão fora do eixo de mídia de massa, desde os trabalhos de registro da Marcus Pereira com quem trabalhou ativamente, ele uniu cantadores de toda parte, de várias gerações, estilos, culturas…
O mais importante que pretende esse circuito é recriar no brasileiro o hábito de consumir cultura, de se “apropriar” dos teatros e salas de concerto por todo o Brasil e a difusão do trabalho de artistas de reconhecido talento pelos mais variados públicos.

Viola Quebrada ultima versão.

Comentários estão fechados.