Polícia Federal indicia 33 por participação em cartel no Metrô de São Paulo

postado em: Sem categoria | 0

Fonte : Rádioagência Brasil de Fato

A Polícia Federal indiciou 33 pessoas envolvidas no cartel metroferroviário que operou no estado de São Paulo entre 1998 e 2008. O inquérito chegou à Justiça Federal na última segunda-feira (1º). Os acusados são investigados por corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, formação de cartel e crime licitatório.

Aparecem na lista de indiciados servidores públicos, doleiros, empresários e executivos de multinacionais que teriam participado do conluio para obter contratos com o Metrô e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Segundo informou o jornal O Estado de S. Paulo, cerca de R$ 60 milhões estão bloqueados. As investigações resultam de um acordo de leniência firmado em julho de 2013. A Siemens denunciou a existência de um cartel montado para fraudar licitações.

A multinacional revelou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) que o cartel teria funcionado durante os governos tucanos de Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin.

Conforme a denúncia, o acordo entre as empresas permitia a formação de um consórcio único para ganhar a licitação. Em seguida, as empresas perdedoras eram subcontratadas. Na ocasião, a Siemens relatou que as combinações ilícitas entre as empresas em São Paulo resultavam em contratos com preços até 20% superiores ao comum.

sp

Comentários estão fechados.