Nota de repúdio do CPERS a entrevista concedida pelo candidato Jose Ivo Sartori (PMDB) ao portal Terra, em 20/10/2014

postado em: Sem categoria | 0

Fonte : CPERS

Charge : Latuff / Sul21

O CPERS Sindicato manifesta estranheza e preocupação com o modo pelo qual o candidato ao governo do Estado, José Ivo Sartori, tratou o tema do Piso Salarial dos educadores, em entrevista concedida ao portal Terra (20/10/2014). Estivemos mobilizados nos últimos quatro anos para exigir do atual governo o cumprimento da Lei do Piso e seguiremos mobilizados no próximo governo, seja ele qual for.

Acreditamos que esse tema não deve ser objeto de chacota ou brincadeiras por conta de quem tem a responsabilidade de propor alternativas para qualificar a nossa educação e valorizar o trabalho dos educadores (as) e de todos os trabalhadores (as) em educação.

Somos educadores  (as) e lutamos diariamente para oferecer um ensino de qualidade, mesmo com as adversidades da nossa profissão.

Por isso, não admitimos que os trabalhadores (as) em educação sejam tratados com falta de educação e respeito.

O CPERS Sindicato é uma entidade de todos (as) os educadores (as) e, enquanto tal, não tem preferência partidária. Não podemos, entretanto, aceitar que postulantes ao governo do Estado brinquem com coisas sérias. Conclamamos a sociedade gaúcha a defender, junto conosco, o pagamento do Piso Nacional dos professores dentro do Plano de Carreira, medida essencial para garantir uma educação pública de qualidade.

 

Apoio: CUT, CTB, CNTE, SINPRO, SINTAE, FeteeSul

20141020-sartori-e-o-piso-dos-professores

Comentários estão fechados.