“Hoje começa um novo capítulo em nossa relação com Cuba”, diz Obama

postado em: Sem categoria | 0

Fonte : Brasil de Fato

Foto : Bill Ingalls/ Nasa

O presidente estadunidense Barack Obama anunciou, nesta quarta-feira (17), o início da normalização das relações diplomáticas com Cuba depois de mais de 50 anos.

A decisão aconteceu após um longo debate que culminou com as libertações de Alan Gross, pelo governo cubano, e dos últimos três dos cinco cubanos presos nos EUA desde 1981. Todos eles eram acusados de serem espiões.

Em seu pronunciamento, o presidente Obama reconheceu o “fracasso do isolamento” a Ilha que durava desde 1961. “Esses 50 anos mostraram que o isolamento não funcionou. É tempo de uma nova abordagem.”

Obama não pode, sozinho, acabar com o embargo econômico do país. Ele é lei nos EUA e precisaria de uma votação dos legisladores para que fosse revogado. Mas a Casa Branca já anunciou que gostaria que o Congresso amenizasse ou acabasse com a medida.

As negociações secretas entre os dois países já estão acontecendo a 18 meses. Foram promovidas pelo Canadá e encorajadas pelo papa Francisco. O encontro final entre Obama e Castro aconteceu no Vaticano

O acordo prevê que os EUA reabrirão a sua embaixada em Havana, amenizarão restrições sobre remessas de dinheiro, viagens e relações bancárias enquanto Cuba libertará 53 presos identificados como presos políticos pelo governo estadunidense.

O presidente cubano Raul Castro também discursou e, apesar de criticar a manutenção do embargo, reafirmou a disposição de Cuba a ter um “diálogo respeitoso e baseado na igualdade” com os Estados Unidos.

“Ao reconhecer que temos profundas diferenças, principalmente na área de soberania nacional, direitos humanos, democracia e política externa, reafirmo a nossa vontade de dialogar sobre todos esses temas”, comemorou.

ObamaMao_Bill-Ingalls-Nasa

Comentários estão fechados.