Educadores paralisam atividades nesta segunda-feira em resposta aos salários parcelados

postado em: Sem categoria | 0

No final da tarde desta sexta-feira, dia 28, o governo Sartori (PMDB) divulgou em seu site oficial que o salário dos educadores e demais servidores públicos estaduais, mais uma vez, será parcelado. Este é o nono mês consecutivo que o governo não cumpre com sua responsabilidade como gestor do Estado, de pagar em dia e de forma integral os salários dos servidores.
De acordo com as informações divulgadas pelo governo, na próxima segunda-feira, dia 31, será depositado o valor de R$ 450. Esse é o menor valor depositado desde que o governo Sartori começou a prática ilegal de parcelar os salários. A previsão é que a folha referente ao mês do outubro seja quitada até dia 16 de novembro.
Em resposta ao contínuo desrespeito e descaso com os educadores, o CPERS convoca a toda categoria a paralisar suas atividades nesta segunda-feira, dia 31, e realizar atos em frente às Coordenadorias Regionais de Educação – CREs e as agências do Banrisul, conforme deliberado no Conselho Geral do Sindicato, realizado no último dia 21 de outubro. O Sindicato orienta aos educadores a procurem seus respectivos Núcleos para participarem dos atos organizados em suas regiões. “Não vamos admitir que o governo Sartori continue nos desrespeitando. Vamos denunciar à população o total descaso com o qual ele trata a nós educadores e a educação pública”, destaca a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

Comentários estão fechados.