Descaso com a saúde do Servidor Municipal será objeto de Audiência Pública na Câmara

postado em: Sem categoria | 0

Fonte : Sindicato dos Municipários de Pelotas

A direção do Sindicato dos Municipários, juntamente com a Câmara de Vereadores, promove Audiência Pública no dia primeiro de abril, às 11 horas, no Plenário do Legislativo, tendo por pauta o “Descaso Com a Saúde do Servidor Público Municipal”, dirigido a todos os servidores públicos municipais.

O objetivo da Audiência Pública é tratar dos problemas relacionados aos serviços de perícia médica do trabalho, na Supervisão em Saúde e Segurança do Trabalho (antiga Biometria), como a não aceitação de atestados médicos, reduções de datas, alterações de receituário, entre outros.

“Convidamos todos os servidores que puderem se fazer presentes, principalmente aqueles que tiveram problemas com seus atestados, nesta audiência para podermos debater e encaminhar finalmente, junto com o Legislativo, uma solução definitiva que não prejudique e atinja ainda mais a saúde dos nossos servidores, como vem sendo feito”, salienta o vice-presidente do Simp, Tiago Botelho.

Na tentativa de buscar soluções para os constantes problemas apontados, a direção do Simp reuniu-se em outubro do ano passado com o secretário de Gestão Administrativa e Financeira, José Cruz e demais membros da SGAF. Após a referida reunião, diante da persistência dos problemas, a direção do Sindicato juntamente com os delegados sindicais representantes dos setores e demais municipários compareceram na Câmara de Vereadores, dia 11 de dezembro também de 2014, para buscar o apoio dos legisladores.

Como fruto deste comparecimento ao Legislativo, a Comissão de Saúde da Câmara realizou no dia 12 de dezembro uma reunião entre a direção do Simp, vereadores e representantes da SGAF, onde na oportunidade foram rebatidas várias informações daquela Secretaria, e foi criada uma frente parlamentar de vereadores para acompanhar todos os problemas que envolvem os atestados médicos dos servidores e a legalidade dos atos praticados.

O Simp já havia encaminhado denúncia ao Ministério Público do Trabalho e a outros órgãos. Inclusive já foi instaurada a Sindicância número 74/2015, a fim de apurar os atos praticados pela médica do trabalho Rossana Guidotti, através do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (CREMERS).

AUDIÊNCIA-PÚBLICA-01.04.2015

Comentários estão fechados.