Comunidade da UFG se organiza para barrar Ebserh

postado em: Sem categoria | 0

Fonte: ANDES-SN

A privatização dos Hospitais Universitários (HU) por meio da adesão à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) volta à pauta nas Instituições Federais de Ensino (IFE), desta vez na Universidade Federal de Goiás (UFG). Nessa sexta-feira (14), o Conselho Universitário (Consuni) da UFG se reúne para debater a entrega do Hospital das Clínicas (HC) da universidade à Ebserh. Docentes, servidores, estudantes e usuários estão mobilizados para tentar impedir a privatização.

Nesta quinta-feira (13), pela manhã, foi realizada uma audiência pública em defesa da autonomia universitária e do HC. O evento, que ocorreu no auditório da Faculdade de Medicina da UFG, reuniu mais de 200 pessoas para debater os problemas de uma possível adesão do HC à Ebserh.

Alexandre Aguiar dos Santos, 1º vice-presidente da Regional Planalto do ANDES-SN, afirma que a audiência foi importante por reunir a comunidade acadêmica e os usuários do HC, mas lamenta que nem o reitor da universidade e nem o diretor do hospital tenham comparecido. “Os convidamos, mas não apareceram”, diz o docente. Santos conta ainda que a audiência teve a presença do secretário de relações institucionais da Procuradoria Geral da República (PGR), que apontou a inconstitucionalidade da Ebserh durante o debate.

Às 6h30 de sexta-feira (14), docentes, técnico-administrativos em educação e estudantes realizam panfletagem no HC, para conscientizar trabalhadores e usuários sobre os perigos da privatização do hospital. Depois, às 14h, se dirigem à reunião do Consuni, na qual buscarão criar uma comissão que possa apresentar uma proposta alternativa à privatização para a gestão do hospital.

desmonte_servico_publico (cópia)

Comentários estão fechados.