Com teatro na rua, manifestantes se solidarizam com a Palestina em Porto Alegre

postado em: Sem categoria | 0

Fonte: Jornalismo B (Alexandre Haubrich)

Continuam as mobilizações de rua em solidariedade à Palestina. Atos e vigílias têm sido organizados em todo o Brasil, e no Rio Grande do Sul contam com um estímulo a mais: a defesa do cancelamento do acordo entre o governo do estado e a AEL, subsidiária da empresa israelense de armas Elbit. Conforme o Jornalismo B noticiou na quinta-feira, o acordo pode ser cancelado a qualquer momento. Nesta sexta (8), houve nova ação no Centro de Porto Alegre, comandada pela Cambada Levanta Favela, que levou teatro crítico à Esquina Democrática, um histórico local de mobilização política da cidade.

A atuação denunciou o massacra promovido contra o povo palestino em Gaza com os ataques de Israel. Desde 8 de julho, quando começou a mais recente ofensiva, quase dois mil palestinos já foram mortos, a maioria civis. Entre eles, muitas crianças. Enquanto os artistas faziam a performance caminhando pela Rua dos Andradas (conhecida como Rua da Praia), panfletos eram entregues às pessoas que paravam para ver, curiosas. Foram cerca de mil panfletos entregues em uma hora, com as chamadas “Não em nosso nome: fora Elbit” e “Tarso, mande a Elbit embora já! Pelo fim da parceria entre RS e Israel”. A manifestação acabou na Praça da Alfândega.

Palestina

Comentários estão fechados.