Bancários cobram compromisso com o Banrisul público nas eleições

postado em: Sem categoria | 0

Na reta final da corrida ao comando Palácio Piratini e às cadeiras da Assembleia Legislativa, a Fetrafi-RS, representando seus sindicatos filiados; e o SindBancários Porto Alegre e Região lançam uma nova fase da campanha de mídia Eu Sou Banrisul. Nesta quinta-feira, 8 de setembro, as entidades realizaram uma plenária virtual de mobilização da categoria, na qual explicaram os objetivos da campanha.

Desenvolvida pela Verdeperto Comunicação, a Campanha Eu Sou Banrisul tem como foco os candidatos e candidatas ao governo do Estado e ao Legislativo. “Queremos que a manutenção do Banrisul público seja pautada na campanha política e que os candidatos revelem seus planos para o Banco”, afirma o diretor de Comunicação da Fetrafi-RS, Juberlei Bacelo.

Em recente pesquisa do Ipec (antigo Ibope) no Rio Grande do Sul, 49% dos entrevistados se disseram contra a venda do banco público, ante 28% de pessoas favoráveis. Outros 9% disseram que não são favoráveis nem contrários, enquanto 15% disseram que não sabem ou não responderam.

“O Banrisul é imprescindível para o desenvolvimento do Estado e as pessoas reconhecem isso. Mas a população precisa saber quem são os candidatos que também valorizam o banco dos gaúchos e das gaúchas”, destaca o presidente do SindBancários POA e Região, Luciano Fetzner.

Nesta quinta-feira, o Jornal Zero Hora publicou matéria na qual os candidatos ao governo colocaram suas opiniões a respeito da privatização do Banrisul. Apenas dois candidatos se colocaram claramente a favor da venda: Eduardo Leite (PSDB) e Ricardo Jobim (Novo). Leite, inclusive, só não privatizou o Banco porque deixou o governo antes.

Leia mais sobre isso na matéria do SindBancários.

Entretanto, é preciso, lembra Juberlei Bacelo, que as pessoas fiquem atentas aos perfis e histórico dos candidatos não só ao governo do Estado, mas também ao parlamento gaúcho, pois toda e qualquer decisão sobre as empresas públicas passa pela aprovação dos deputados e deputadas.

Cabe ressaltar que, em 2021, a bancada governista da Assembleia Legislativa aprovou a PEC 280, que retirou da Constituição Estadual o plebiscito popular para discussão sobre a privatização do Banrisul. Ou seja, preparou o terreno para o próximo governador vender o Banco sem consultar a opinião da população. 

“É fundamental elegermos deputados e deputadas comprometidos com as pautas da classe trabalhadora”, reforça Bacelo. “E é importante a mobilização dos colegas e das colegas banrisulenses para a conscientização da sociedade”, completa Fetzner.

Peças publicitárias

As peças da Campanha Eu Sou Banrisul já estão circulando nas redes sociais. O material inclui, ainda, outdoors, faixas, spots de rádio e vídeos para a TV. Participe dessa mobilização, use as hashtags #EuSouBanrisul #BanrisulPrivatizaNão e #EmDefesaDoBanrisulPúblico e converse com amigos e familiares sobre essa luta.

Fonte: Portal dos Bancários RS

PreviousEleições 2022: entenda a diferença entre votos válidos, nulos e brancos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.