Infectologista diz que terceira dose para idosos é “para ontem”

postado em: Coronavirus, CPI DO GENOCIDIO, Vacinas | 0

O infectologista e pesquisador da Fiocruz, Julio Croda, 43, afirmou em entrevista à Folha, no domingo (22), que com o aumento das internações de pessoas acima de 80 anos se torna imperativo aplicar uma dose de reforço nessa população, a primeira que foi vacinada no país, junto com os profissionais de saúde.

“A questão da idade é para ontem, porque já estamos vendo um aumento de hospitalizações em alguns estados, como São Paulo e Rio de Janeiro, com a chegada da delta, principalmente nessa faixa etária. Se há agora a circulação de uma variante mais transmissível e já se observa o impacto nessa faixa etária, com as vacinas com uma efetividade menor, esse é um indicativo da necessidade de implementação de reforço o mais cedo possível”, afirmou.

Leia a íntegra na Fórum.

Fonte: Brasil 247

Imagem: Brasil 247

Deixe uma resposta