De olho no Banrisul: aumento do lucro, demissão de funcionários, fechamento de agências e Cartões sob risco

Mesmo com um lucro de R$ 281,9 milhões, no segundo trimestre, o Banrisul tem investido em uma política de demissões e fechamento de agências, com a redução de 10% do quadro de funcionários. Nem mesmo a alta de 135% na lucratividade, em comparação com o mesmo período de 2020, tem sido capaz de frear os interesses privatistas da atual gestão do banco, em sintonia com o governador Eduardo Leite (PSDB).

Ainda na esteira da defesa do banco dos gaúchos, na última quinta-feira, dia 12 de agosto, a Fetrafi-RS, representando os sindicatos dos bancários de todo o estado, cobrou esclarecimentos sobre as negociações da Banrisul Cartões. 

Em ofício, encaminhado ao presidente do Banrisul, Cláudio Coutinho, foram solicitados mais detalhes a respeito do Fato Relevante publicado em 14 de junho, que abre o capital da Banrisul Cartões. No entendimento das entidades sindicais, o Fato Relevante indica uma mudança significativa para uma parcela de empregados.

Fonte: SEEB Pelotas e Região, com informações: Money Times, GZH e Imprensa Fetrafi-RS

Deixe uma resposta