Alegado surto da COVID-19 entre militares em Formosa pode provocar mais casos em Brasília

Na véspera do ato de blindados com Jair Bolsonaro, surgiu uma informação de que os militares podem trazer para o centro da capital do país mais infecções do coronavírus. O Correio Brasiliense afirma que há um surto da COVID-19 entre os militares que participam dos exercícios da corporação em Formosa, mas, de acordo com um informante ouvido pela mídia, os oficiais estariam tentando sufocar essa informação.

Conforme a reportagem do veículo de imprensa, vários militares mais velhos recusaram se vacinar a exemplo do presidente, enquanto os mais jovens ainda não estão na faixa etária em suas regiões. “Isso está provocando um surto no campo de treino”, contou uma fonte ligada a militares presentes no exercício.

Entretanto, o Brasil confirmou mais 237 mortes e 15.306 casos de COVID-19, totalizando 563.707 óbitos e 20.178.143 diagnósticos da doença, informou o consórcio entre secretarias estaduais de saúde e veículos de imprensa.

Fonte: Sputink News

Imagem: Sputink News

Deixe uma resposta