TSE aprova abertura de inquérito e pedido ao STF para que Bolsonaro seja investigado por disseminação de notícias falsas

Ontem na segunda-feira (2), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) abriu um inquérito administrativo interno sobre ataques à legitimidade das eleições. Além disso, o plenário da corte aprovou um pedido ao Supremo Tribunal Federal que o presidente Jair Bolsonaro seja investigado por disseminação de notícias falsas contra as eleições no país.

Ambas as decisões foram tomadas por unanimidade. O pedido se baseia nos repetidos ataques do chefe do Executivo às urnas eletrônicas a ao sistema eleitoral, sem comprovações. Durante a sessão, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, argumentou a decisão afirmando: “Uma das manifestações do autoritarismo no mundo contemporâneo é precisamente o ataque às instituições, inclusive o ataque às instituições eleitorais que garantem um processo legítimo de condução aos mais elevados cargos da República”, cita suas palavras o jornal Folha de São Paulo.

O pedido ocorreu após o presidente da República não ter apresentado provas de irregularidades no sistema eleitoral, depois de ter recebido um pedido do corregedor.

Fonte: Sputink News

Imagem: Sputink News

Deixe uma resposta