‘Efeito zero’: partidos dizem que manifestações pelo voto impresso não mudam nada

Ao reagir às manifestações pelo voto impresso em todo o Brasil no domingo (1º), os presidentes de vários partidos afirmam que os atos não mudaram nada e que eles vão barrar a proposta sobre o comprovante impresso, conforme a Folha do São Paulo.

No domingo (1º), 23 capitais e algumas outras grandes cidades do país registraram atos em defesa do voto impresso, incluindo em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Os líderes dos partidos PSDB, MDB, PP, DEM, Solidariedade, PL, PSL, Cidadania, Republicanos, PSD e Avante, que formaram um grupo para barrar a proposta de emenda à Constituição(PEC) sobre o voto impresso, confirmaram sua firmeza: “Efeito zero. Não muda nada”, disseram. Além de exigirem o voto impresso, os manifestantes também expressaram seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro e criticaram os adversários e o Supremo Tribunal Federal.

Na véspera das manifestações, Bolsonaro voltou a ameaçar a realização das eleições 2022, durante transmissão ao vivo semanal, se o sistema eleitoral não mudar. O presidente é um defensor da implementação do comprovante do voto impresso nas urnas eletrônicas.

Fonte: Sputnik News

Imagem: Sputink News

Deixe uma resposta