TSE dá 15 dias para o presidente apresentar provas de fraudes nas eleições de 2018

Nesta última segunda-feira (21), o Tribunal Superior Federal deu um prazo de 15 dias ao presidente Jair Bolsonaro para ele explicar suas declarações sobre alegadas fraudes nas urnas eletrônicas.

Foi instaurada uma portaria estabelecendo que todas as autoridades que relatem inconformidades nas urnas eletrônicas ficam obrigadas a apresentar provas no prazo estabelecido: “Oficie-se às autoridades que surgiram para que apresentem, no prazo de 15 dias, evidências ou informações de que disponham, relativas à ocorrência de quaisquer fraudes ou inconformidades”, de acordo com o documento citado pelo portal UOL.

O presidente, bem como seus aliados e apoiadores têm questionado a segurança do sistema eletrônico de votação nas eleições em 2018. Em vez disso, eles defendem a introdução de um comprovante impresso da votação na urna eletrônica, uma medida que, segundo eles, pode tornar o sistema mais confiável.

Fonte: Sputnik News

Imagem: Sputnik News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.