Brasil segue com média de mortes diárias por COVID-19 acima de 1.000 após 33 dias

Dados das secretarias estaduais de Saúde analisados pelo consórcio de veículos de imprensa que acompanha a situação da pandemia no país mostram que o Brasil registrou 716 mortes provocadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. Com isso, o total de óbitos em decorrência do surto no país chegou a 247.276, enquanto a média móvel dos últimos sete dias foi 1.055, alta de 2% em comparação à média de 14 dias atrás, o que indica tendência de estabilidade. 

​Ao longo do último dia, 30.231 novos casos de COVID-19 foram confirmados no país. Assim, até a noite desta segunda-feira (22), ao menos 10.197.531 pessoas já testaram positivo para o novo coronavírus no Brasil desde o início da pandemia. 

Assim como em relação às mortes, há tendência de estabilidade também nos diagnósticos. A média móvel atual é de 47.374 novos casos diários, variação de +5%.

Balanço da vacinação

Ainda de acordo com o consórcio, 5.982.640 de pessoas já receberam a primeira dose de uma das vacinas contra a COVID-19 no país, o que corresponde a 2,83% da população. Dessas, 1.269.005 pessoas — 0,60% da população — já receberam a segunda dose, com o total ficando em 7.251.645 doses.

Fonte: Sputnik News

Imagem: Sputnik News

Deixe uma resposta