COVID-19: Brasil tem 483 mortes em 24h e soma mais de 190,5 mil óbitos na pandemia

levantamento, que reúne as informações das secretarias estaduais de Saúde, indica estabilização na média móvel de mortes, que foi de 690 nos últimos sete dias, uma variação positiva de sete pontos percentuais em comparação com a média registrada há 14 dias. Com os números apresentados hoje (25), o Brasil soma 190.515 óbitos desde o início da pandemia.

Em relação ao número de diagnósticos da COVID-19, a média móvel desta semana ficou em 40.530 casos por dia, uma redução de 7% em comparação com a média de casos diários registrada há duas semanas. Desde que a pandemia foi declarada no país, 7.447.625 de brasileiros têm ou já tiveram a doença.

No total, 11 estados apresentaram alta na média móvel de óbitos por COVID-19, com destaque para Alagoas (+129%), Mato Grosso do Sul (+102%) e Amazonas (+90%).

Outros dez estados registraram estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente, entre os quais estão Rio de Janeiro (-11%) e São Paulo (-8%).

Já os estados que tiveram redução na média foram Roraima (-91%), Tocantins (-42%), Ceará (-53%), Paraíba (-19%) e Piauí (-22%), além do Distrito Federal (-26%).

Segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins, o Brasil é o terceiro país em número de casos confirmados do novo coronavíurs no mundo, depois de Estados Unidos (18,7 milhões) e Índia (10,1 milhões). Já em relação aos óbitos, o Brasil ocupa a segunda posição, atrás apenas dos Estados Unidos, que superou a marca de 330 mil mortes.

Fonte: Sputnik News

Imagem: Sputnik News

Deixe uma resposta