STF tentar furar a fila da vacina para ministros e servidores

 As mais altas cortes do país, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) querem uma reserva de vacinas para os seus titulares e servidores. O plano dos dois tribunais é fazer suas próprias campanhas de imunização.

No caso do STF, o pedido foi para “verificar a possibilidade de reserva de doses” para 7 mil pessoas, entre ministros, servidores e colaboradores. A Fiocruz deve enviar a resposta ao Supremo nesta quarta-feira (23).

Um pedido similar, feito pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), já foi negado pela instituição. A Fiocruz informou à reportagem que não cabe à fundação “atender a qualquer demanda específica”, informa O Estado de S.Paulo.

Fonte: Brasil 247

Imagem: Brasil 247

Deixe uma resposta