PGR investiga transações em dinheiro vivo de Eduardo Bolsonaro

Na última segunda-feira (21), a Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu investigação preliminar para apurar transações em dinheiro vivo realizadas pelo deputado e filho do presidente Jair Bolsonaro, o parlamentar Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), na compra de imóveis.

Ao efetuar a compra de um apartamento na Zona Sul do Rio de Janeiro avaliado em R$ 1 milhão, o filho do presidente teria realizado o pagamento de R$ 100 mil em espécie, em 2016. 

Consultado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República, Augusto Aras, declarou que “caso, eventualmente, surjam indícios razoáveis de possíveis práticas delitivas por parte do requerido […] será requerida a instauração de inquérito nesse Supremo Tribunal Federal”.

Fonte: Sputnik News

Imagem: Sputnik News

Deixe uma resposta