Brevíssimo manual despretensioso: em quem NÃO votar ( Por Álvaro Barcellos)

..porque os braços de ferro

                                         nos prendem como represa…

                                         (Kledir Ramil e Fogaça)

Muito ainda se ouve por aÍ coisas como: eu voto no homem. Nem aí pra partido.

Modestamente, afirmo: trata-se de um grande engano. Por uma razão um tanto simples. Por mais que se goste de uma ou outra pessoa (a esmagadora maioria dos candidatos a gente não conhece pessoalmente), NÃO há a MENOR DÚVIDA de que essa pessoa, por melhor que seja (admitindo-se que haja gente boa em qualquer partido), fará parte de um Contexto. E não se pode ser ingênuo. O fato é que SEMPRE o sujeito estará atrelado segundo a orientação desse ou daquele partido ou frente.

Então há aspectos importantes a levarmos em consideração. Entre eles, o HISTÓRICO do CANDIDATO e do PARTIDO. De modo que, de NADA adianta ser um bom sujeito se o cara terá de seguir a linha partidária.

Por isso, convém sempre nos perguntarmos: bom para QUEM?

Ora, se o sujeito estiver interessado na Questão AMBIENTAL, ou na Questão do NEGRO, ou do INDÍGENA, ou da MULHER, mas envolver-se com Partidos cujo histórico não tenha NADA e ver com essas e outras CAUSAS relevantes em termos de DIREITOS CIVIS e DIRETITOS HUMANOS, então tudo se tornará inútil, ainda que o tal sujeito possa ser bem intencionado. NÃO BASTA!!

Com base nisso, digamos um BANQUEIRO ou um ALTO EMPRESÁRIO ou um LATIFUNDIÁRIO, NÃO procurará Partidos do Campo Popular (de ESQUERDA), porque seus interesses serão INCOMPATÍVEIS. Pela mesma razão, se alguém pretender atuar em torno da Ampliação de Direitos TRABALHISTAS, e outras Causas HUMANITÁRIAS, NÃO deverá procurar Partidos do Campo BURGUÊS (de DIREITA), porque também teremos Incompatibilidade de Interesses.

Ora, por mais que se evite visão meramente maniqueísta, por um lado, pode-se afirmar, por outro, sem medo de errar, que CAPITALISTAS votam em partidos do campo da DIREITA sim. Logo, TRABALHADORES devem envolver-se com Partidos do Campo Popular (ESQUERDA), porque a ESQUERDA é que tem LIGAÇÃO HISTÓRICA e COMPROMISSO de CLASSE com o Campo dos Trabalhadores. É o que a História nos revela.

Do mesmo modo, ocasionalmente, alguém pergunta se o Prefeito X é bom?? Daí, cabe a indagação: bom para Quem?? Porque Candidatos de Partido Burguês (de DIREITA), governarão para as ELITES, os ENDINHEIRADOS, os PODEROSOS, de modo que as coisas se mantenham segundo os interesses desse grupos. Já se o tal Prefeito for ligado a Partido do Campo Popular, vinculado aos interesses dos TRABALHADORES (ESQUERDA), tenderá a nadar contra a corrente, no sentido de viabilizar uma Inversão de Prioridades, de modo a apresentar PROJETOS de INCLUSÃO (acesso à UNIVERSIDADE, fortalecimento da SAÚDE PÚBLICA,  Programas de MORADIA POPULAR,  Proteção das MULHERES em luta por Espaço e Voz Plena, Combate à Violência Doméstica, Preservação do Meio Ambiente etc). 

Enfim, o sujeito que for bom observador tenderá a crescer cada vez mais, trazendo no futuro um grau de Amadurecimento que nos permita Ampliar os ESPAÇOS e Iniciativas de ORGANIZAÇÃO POPULAR – Mecanismos muito Importantes ligados à DEMOCRACIA DIRETA. Mas isso parece algo para um outro momento. Desde já, porém, é preciso estar alerta a todos os sinais. Não se pode simplesmente sair confiando. NUNCA venda seu voto. DEMOCRACIA se constrói com MAIS DEMOCRACIA!

Fonte: Álvaro Barcellos

Imagem: Internet

Uma resposta

  1. Jaime da Silva Fonseca

    Temos que massificar esta linha de pensamiento de tal forma que futuramente os eleitores entendam a filosofía do conteudo (entendimento).. .

Deixe uma resposta