Voluntário da CoronaVac faleceu por intoxicação de medicamentos, aponta IML

Na última quinta-feira (12), laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que voluntário dos testes da vacina CoronaVac faleceu por intoxicação causada por combinação de remédios, reportou o portal G1. A causa da morte não seria, portanto, relacionada ao imunizante.

Na terça-feira (10), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) havia suspendido testes com a vacina por “evento adverso” em voluntário. O Brasil reportou mais 926 mortes e 34.640 novos casos de COVID-19, totalizando 164.332 óbitos e 5.783.647 casos da doença, informou consórcio entre secretarias estaduais de saúde e veículos de imprensa.

Fonte: Sputnik News

Deixe uma resposta