Brasil registra 564 mortes em 24h e passa de 163 mil óbitos por COVID-19

Os dados são do consórcio dos veículos de imprensa, que coletam informações das secretarias estaduais de Saúde – com exceção de Minas Gerais, que não atualiza dados desde o sábado (7).

A média móvel de mortes no país chegou a 319 óbitos diários, um recuo de 27% em comparação à média de 14 dias atrás, o que aponta uma tendência de queda nas mortes por COVID-19.

Um homem caminha ao lado de um grafite retratando um limpador em equipamento de proteção espalhando vírus com o rosto do presidente Jair Bolsonaro, em meio ao surto da doença coronavírus (COVID-19), no Rio de Janeiro, Brasil, 7 de outubro de 2020. REUTERS / Ricardo Moraes

Os números também apontam que foram registrados 47.724 casos do novo coronavírus nesta quarta-feira (11), sendo que a média móvel chegou a 22.581 casos diários. Com isso, houve uma queda de 7% em relação às duas semanas anteriores, o que representa uma tendência de estabilidade.

Os mais de 47 mil casos diários desta quarta-feira (11) representam o maior registro de casos diários desde o dia 2 de setembro. Segundo o portal G1, os dados podem representar problemas de acesso aos registros observados nos últimos dias.

Fonte: Sputnik News

Imagem : Sputnik News

Deixe uma resposta