Congresso do Peru aprova impeachment do presidente Martín Vizcarra

O placar da votação terminou com 105 votos a favor do afastamento, 19 contra e 4 abstenções.

O afastamento tomou como base o artigo 113 da Constituição peruana, declarando Vizcarra com “incapacidade moral” para continuar na presidência.

Com o resultado, Manuel Merino, líder do Congresso, filiado ao partido Ação Popular, deve ocupar o cargo até julho do ano que vem. As eleições presidenciais do Peru estão marcadas para ocorrerem em 11 de abril de 2021.

Vizcarra, de 57 anos, foi acusado de receber propinas quando era governador em 2014. Ele nega as acusações. As informações foram publicadas pela agência Reuters.

Esse foi o segundo pedido de impeachment contra Vizcarra. No primeiro, o Congresso não conseguiu reunir os votos necessários para aprovar o afastamento.

Martín Vizcarra estava no cargo desde a renúncia de Pedro Pablo Kuczynski, em 2018, também acusado de corrupção.

Fonte: Sputnik News

Imagem: Sputnik News

Deixe uma resposta