Covid-19 em Pelotas: contaminação de idosos ainda preocupa

Passada uma semana do levantamento que traça o perfil dos infectados pelo coronavírus, em Pelotas, os idosos permanecem atrás apenas dos profissionais da saúde, em número de contaminados; com incidência percentual de 13,56% e 18,15%, em cada grupo, respectivamente.

Os dados, registrados pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), apontam, ainda, os profissionais do comércio (12,39%) e os estudantes (7,9%) seguem entre os casos com maior número de testes positivados para a doença.

Óbitos e contaminação

De acordo com o último boletim divulgado pela Prefeitura, nesta quinta-feira, dia 1º de outubro, foi registrado mais um óbito no município. Agora, já são 125 vidas perdidas para a covid-19 em Pelotas. Também foram registrados 49 novos casos da doença, nas últimas 24h, de um total de 4.313 moradores da cidade que contraíram a doença.

Dia Internacional do Idoso

A data de ontem, 1º de outubro, é conhecida, mundialmente, como o Dia Internacional do Idoso. Como se não bastassem o preconceito, as agressões e a falta de empatia, inclusive, por parte dos governos, para lidar com os dramas enfrentados pela população idosa, a Pandemia veio para comprovar que o cuidado com essas pessoas precisa ser redobrado, não só com a exigência de políticas públicas voltadas à terceira idade, mas, também, com o desenvolvimento do cuidado, do carinho e do afeto por parte de toda a população.

Fonte: Seeb Imprensa – Pelotas, com informações da Prefeitura

Arte: Seeb Pelotas

Deixe uma resposta