Rio Grande do Sul tem aumento de surtos em instituições fechadas nos últimos 15 dias

postado em: Sem categoria | 0
Municípios com surtos se concentram em regiões com bandeira vermelha – Reprodução CEVS

Atualmente, 109 surtos estão ativos, conforme boletim epidemiológico do Centro Estadual de Vigilância em Saúde

O Rio Grande do Sul já registrou 189 surtos de covid-19 em instituições fechadas desde o início da pandemia. Atualmente, encontram-se ativos e em investigação 109, enquanto 80 já estão encerrados. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (29) no boletim epidemiológico quinzenal do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS).

No boletim anterior, eram 73 surtos ativos e 55 encerrados. Do total de municípios com surtos atualmente ativos, 37 encontram-se em regiões classificadas com bandeira vermelha no distanciamento controlado e 16 em regiões com bandeira laranja. Um total de 53,5 mil pessoas foram expostas nos locais com surtos ativos, dos quais 91 faleceram.

Instituições de longa permanência

A maior parte dos surtos são em espaços de longa permanência, que desempenham atividades ligadas à saúde humana, administração pública e defesa. Atualmente, 50 surtos estão ativos, sendo 45 são em lares de idosos e 5 em setores de administração pública, como penitenciárias e hospitais psiquiátricos. Há duas semanas, eram 28 surtos nesses espaços.

:: Live denúncia traz mais informações sobre o surto nos hospitais psiquiátricos ::

Nesses 50 locais, 5,3 mil pessoas foram expostas ao vírus. Foram contaminadas 979 indivíduos, tendo 82 evoluído a óbito, além de uma morte secundária.

Surtos em Instituições de longa permanência / Fonte: COE/RS, dados atualizados em 27/07/2020 às 12h, sujeitos à revisão.

Indústrias destinadas à fabricação de produtos alimentícios

Em frigoríficos e laticínios, 20 surtos ativos estão em investigação, que apresentam um total de 26,2 mil trabalhadores expostos, dos quais 4,4 mil (16,7%) são casos positivos para covid-19. Destes, 4.218 tiveram o diagnóstico confirmado laboratorialmente e 187 casos foram confirmados por outros critérios. Foram registrados três óbitos de trabalhadores e dois óbitos secundários.

Surtos em frigoríficos e laticínios / Fonte: COE/RS, dados atualizados em 27/07/2020 às 12h, sujeitos à revisão.

Empresas que desempenham atividades industriais, comerciais, econômicas e administrativas

Na indústria e comércio, exceto frigoríficos e laticínios, são 39 surtos em investigação, que apresentam um total de 22 mil pessoas expostas ao novo coronavírus. Nesse grupo, 418 tiveram confirmação de contaminação, tendo três evoluídos a óbito.

Surtos em empresas, exceto frigoríficos e laticínios / Fonte: COE/RS, dados atualizados em 27/07/2020 às 12h, sujeitos à revisão

Encerrados

Dos 80 surtos já encerrados, caracterizados por um período de 15 dias sem novos registros de pessoas com sintomas de síndrome gripal, 20 foram nos últimos 15 dias. Entre esses, 995 pessoas foram contaminadas e 19 vieram a óbito. Conforme a SES, a semana epidemiológica apresentou aumento expressivo nos surtos. Paralelamente, aumentou a quantidade de encerrados.

Fonte: Brasil de Fato RS

Deixe uma resposta